quarta-feira, 23 de setembro de 2009

OFICINA 3 - TP 3 - UNIDADE 11

OFICINA 3



TP 3 – UNIDADES 11


(04/07/09)

A primeira parte do encontro foi dedicada a observações, discussões e críticas sobre o desenvolvimento dos assuntos e das atividades propostas. Esse relato de experiências pedagógicas propicia uma troca e o diálogo a respeito da articulação entre as atividades propostas e as diversas realidades dos professores, colaborando no crescimento de todos nós, professores.

Salientei sobre a importância de estudarmos a teoria dos livros, não para que aprendêssemos, mas sim, que relembrássemos aquilo que já sabíamos. Também, que cada professora escolhesse uma das atividades proposta nas seções Avançando na Prática e que a desenvolvesse com seus alunos. Anotar os resultados, os pontos positivos e negativos para comentar na próxima formação e que entregasse um relato por escrito.

Nesse encontro, trabalhamos as sequências tipológicas narrativas e descritivas, como também a caracterização específica da sequência tipológica injuntiva e preditiva, expositiva e argumentativa como dois aspectos do tipo dissertativo
Depois de termos trabalhado a teoria, propus a produção de um texto injuntivo prescritivo, mas que fosse escrito com humor. Cada professora recebeu uma proposta diferente e os textos criados estão abaixo.


TEXTOS INJUNTIVOS PRESCRITIVOS COM HUMOR




VIVER NA ALTA SOCIEDADE


Professora Terezinha

 
Tu não queres te acostumar a viver com gente importante? Já deverias ter entendido que pessoas que tem muito dinheiro, compram só roupas de grife. Então, joga fora esses casacos que usa há séculos! Doe-os para tuas primas! E essas calças horríveis! Disfaça-te delas hoje mesmo! Dê ao porteiro ou para qualquer outra pessoa! Nunca mais use essas coisas de gente pobre! E essas bijuterias? O que é isso? Troque-as por jóias de primeira linha. Agora, tu és uma pessoa fina. Portanto, pare de comprar nessas lojas de 1,99! Vou indicar para ti lojas muito boas que saberão exatamente como vestir uma madame. Eles nem precisam saber que tu nem sabe ler direito... o que importa é a grana! Afinal, quem não atenderia bem o cliente acertador da Mega Sena?


CONTRATO DE TRABALHO


Professora Adriane


CLÁUSULA PRIMEIRA:

Fica decidido que o contratante Nero Impositivo de Oliveira, a partir dessa Dara, delega ao contratado João Subalterno da Cunha as seguintes obrigações:

• Desincumbir-se de todas as atividades do sítio;

• Levar as galinhas beber água, às quatro horas da madrugada;

• Ordenhar manualmente as vinte e cinco vacas e a cabrita, às cinco horas da manhã e às dezessete horas da tarde:

• Lavar todo o equipamento e limpar as instalações, tudo deve estar brilhando pois a patroa gosta de espelhar-se quando faz a visita;

• Tratar todos os animais, inclusive os porcos duas vezes ao dia após concluir a limpeza, não esquecer de limpar e alimentar a periquita;

• O contratado pode repousar, sempre que quiser. Pode dormir no emprego.


REGRAS DE ETIQUETA PARA UMA DAMA


Jocieli

 
Leia o livro da escritora Maria Quitéria Pafúncia e torne-se uma Dama da alta sociedade, para isso siga as instruções abaixo:

- Para começar caminhe com 5 kg de farinha sobre a cabeça e não esqueça de impinar a buzanfa e encolher a pança;

- Na hora de se vestir escolha sempre roupas largas, até mesmo para praticar esportes, pois elas disfarçam as gordurinhas indesejáveis;

- Antes de almoçar amarre a faca na mão esquerda para não esquecer de usá-la e se o prato da casa for sopa e você não conseguir tomar sem fazer barulho, fale que está de dieta, para não pagar mico;

- Quando for dormir não esqueça do pijama, pode ser até de bolinhas, mas o mais importante é não esquecer de dormir maquiada e muito bem penteada, pois é assim que os artistas mais famosos acordam;

- Evite falar muito durante os encontros sociais para evitar que os outros percebam o seu nível social;

Observações: se seguir corretamente este manual, com certeza você será a mais alta dama da sociedade, chegando a alcançar o patamar da Primeira Dama do Brasil, Mariza Silva.


RECEITA PARA PROFESSORAS


Professora Lorena

Em Três Passos, os médicos estavam alarmados com o grande número de professoras que freqüentavam os consultórios. E a preocupação tinha procedência, visto que o motivo não era matar aula nem aproveitar a taxa dos planos de saúde.

Então resolveram unificar uma receita já que os sintomas eram quase sempre os mesmos: enxaqueca, cansaço, rouquidão, aritmia cardíaca e depressão.

Eis a receita:

• Tome uma cápsula de coragina ao acordar.

• Faça exercícios físicos antes de chegar à escola.

• Tome cinco gramas de granfort, no café, com, sentada à mesa.

• Use uma pastilha de vosemel para acabar com a rouquidão.

• Tome três goles do tônico levantacadabra casa vez que sentir que a educação foi pro brejo.

• Faça uma infusão das sete ervas e tome três xícaras por dia (pode banhar-se nessa infusão também, para o estresse).


RECEITA DA NORMA CULTA DA LÍNGUA PORTUGUESA


Fale e escreva bem!


Professora Adelaide



Ingredientes



Tabletes de diferentes gêneros textuais.

Gotas de textos literários.

2 kg de leitura diária.

400 g de interpretação.

Uma pitada de motivação.

Um ano de análise de regras gramaticais.

Dois encontros semanais de discussão linguística com professor letrado.

5 xícaras de treino da oralidade.

10 baldes de produção de texto.

Reescrever e ler 10 vezes os textos produzidos.

Ler e pronunciar corretamente as palavras.

20 cidadãos ouvintes de alta qualidade linguística .

1 kg de paciência para ouvir as diferenças sonoras.

Reservar 500 folhas para os momentos de fúria.

A cada duas horas recorrer ao dicionário e pesquisar as novidades necessárias.

1 espelho para observar suas astrosas pronúncias sonoras adequadamente e perceber seus movimentos bucais.

Modo de preparar

 
Agite bem os tabletes dos diferentes gêneros textuais e classifique-os de acordo com o seu interesse. Deixe o espelho aposto para todas as necessidades. Provoque com muito ânimo as gotas de textos literários. Prepares o dicionário de bolso e deixe-o na ativa em seu computador, pois sempre deverá estar com você para qualquer eventualidade. Deixe de molho todas as regras linguísticas/gramaticais. Leia todas as palavras e pronuncie-as por dez vezes corretamente. Junte os 2 kg de leitura diária, as 400 g de interpretação, a pitada de motivação, o ano de análise das regras gramaticais, as 5 xícaras de treino da oralidade, os 10 baldes de produção de texto, a reescrita e a leitura por 10 vezes dos textos produzidos, o kg de paciência para ouvir as diferenças sonoras. Misture-os bem e leve-os ao seu local de estudo, estude e contextualize. Os 20 cidadãos serão seus ouvintes e avaliadores e em qualquer eventualidade o orientarão para que a sua linguagem e expressão seja perfeita. Polvilhe com pequenas porções de alegria e conquista.


CONTRATO DE CASAMENTO


Professora Daisy




No presente contrato de casamento fica estabelecido ao marido os seguintes deveres:

Art. 1º. Acordar sempre antes que a esposa, fazer café da manhã e trazer na cama para a amada esposa.

Art. 2º. Dizer toda manhã que sua esposa está linda, mesmo que ela esteja escabelada e com “cara amassada”.

Art. 3º. Não pode trabalhar em local que tenha contato com mulher bonita.

Art. 4º. Precisa ter um alto salário para arcar com as despesas da casa, mais a academia, as idas para o spa, yoga, pratica de esportes, cirurgias plasticas e tudo mais que sua bela esposa desejar ou precisar.

Art. 5º. Todo dia precisa levar sua esposa para almoçar e jantar em restaurantes da preferência dela.

Art. 6º. Estar sempre disposto a satisfazer todos os desejos da amada, mesmo que esteje cansado ou doente.

Art. 7º. No mínimo uma vez por semana deve presenteá-la ou fazer surpresas romanticas para sua esposa.

Art. 8º. Pagar no mínimo duas empregadas para limpar e organizar sua mansão.

Art. 9º. Fingir que é feliz e não percebe que sua esposa desfila sua beleza e gasta o dinheiro na companhia de outros homens, ou melhor “deuses gregos”.

Não tendo mais a acrescentar, assinam as duas partes e testemunhas.



EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO


Professora Lurdes





Edital de Concurso Público da prefeitura Municipal de Três Passos.

A secretaria de Educação SMEC de Três Passos comunica que realizará concurso do magistério, oferecendo vagas para professores de Português, matemática e educação Física.

Os interessados deverão retirar no protocolo, uma via contendo os dados de identificação e uma taxa no valor de 30,00 (trinta reais) pagável na agência bancária Bradesco desta cidade ou no correio de Três Passos.

As inscrições encerram em 30 de julho 2009.

O concurso será realizado domingo, dia 8 de agosto, depois da missa, no centro de Capacitação Profissional, às 10 horas.


UMA MAQUIAGEM PERFEITA


Professora Eunice





José e Maria


José chegando em casa disse:


- Maria amanhã vamos para um jantar, preciso ver você muito bonita. Com uma maquiagem perfeita.

- Eu é! Queres me mostrar para os outros?

- Prefiro ser eu mesma.



COMO AGIR COM BEBÊ RECÉM-NASCIDO


Professora Rosenei





Cláudia Andrade, tenha muito cuidado com o bebê recém-nascido. Mantenha-o sempre bem enrolado nesses dias frios e nada de levá-lo para fora. Não dê banho, somente passe um pano úmido se necessário bem rápido para que não pegue frio. Esses cuidados devem ser necessários até que caia o umbigo. Para que o umbigo caia mais rapidamente passe banha de galinha e enfaixe bem o bebê. O banho deve ser dado somente após o 7º. Dia e com cuidado para que o bebê não pegue frio.

Ah! E para você não esqueça fique de resguardo até o nono dia não saia de dentro de casa, não tome banho e cuidado com a correnteza de ar, lembre-se lavar a cabeça somente após os 40 dias.



MÃE PASSANDO A MAIOR “BRONCA” NA FILHA OU FILHO


Professora Sirlei





- Mãe, posso ir na festa de São João?

- Você ainda tem coragem de pedir para sair? - Sua preguiçosa. Disse a mãe.

- Eu preguiçosa? - Ah! Mãe, deixa...

- Não, não e não, você não sabe e não tenta me ajudar nos afazeres da casa.

- Mãe, eu prometo que ajudarei naquilo que você me pedir.

- Então, filha, vá lavar a roupa.

- Eu vou, mas depois não reclame.

Tereza foi para o tanque, lavou e estendeu a roupa no varal.

- Pronto mãe, eu fiz o que a senhora pediu, agora por favor me deixa eu ir na festa, deixa...

A mãe ao ir ver como Tereza tinha lavado a roupa, entrou furiosa e disse:

- Tereza, olhe como ficou a roupa que você lavou, sua preguiçosa.

- Ah! Mãe, eu disse que eu não sei fazer nada.

- Então filha, se quiseres dançar, dance sozinha aqui em casa.

 

CLÁUSULA DE UMA UNIÃO HOMOSSEXUAL


Professora Hilda

 
Quando Pedro e João resolveram viver a dois, (“o amor é lindo”) e ouviram que aqui no RS foi aprovada a lei da união de pessoas do mesmo sexo.

Felizes foram comprar as alianças, (pois coisa estava ficando séria) mas antes disso, Pedro que era possuidor de uma linda casa, bom emprego, carro do ano, pensou:

- Vou pensar duas vezes, antes de assumir um compromisso, para o resto da vida.

Pois João não possuía nenhum bem.

Mas era um cara muito charmoso e bonito e poderia ser uma boa “esposa”.

Esta união vai acontecer sem comunhão de bens.

“- E eu Pedro que mandarei aqui em casa.”

E João concordou, pois caiu em “berço de ouro”.



PROFESSORA ORIENTANDO OS ALUNOS SOBRE O ESTUDO DA DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA

Professora Claides


Alunos, leiam muito, é lendo que desenvolvemos nosso vocabulário e entendimento em todas as disciplinas, e também outra dica: não esqueçam de copiar, siga o modelo e siga o exemplo, pois esta parte, que realmente irá lhe aprofundar em conhecimentos no portugueis.

NA SEQUÊNCIA...


Foi lido o texto Composição: O salário mínimo (Jô Soares) e em pequenos grupos, lessem e analisassem o texto. Metade da turma enumerou argumentos que comprovassem ser um texto considerado um exercício de redação escolar, enquanto que a outra metade enumerou argumentos que comprovassem o contrário: não se tratar de um exercício escolar. Esta atividade foi feita oralmente.



JÔ SOARES


Composição: O salário mínimo





O salário mínimo é tão pequenininho que cabe até no meu bolso. É por isso que ele é chamado de mínimo, que quer dizer que menor não tem.

Meu pai diz que o salário mínimo é um dinheiro que não serve pra nada, mas na televisão o moço disse que só pode isso mesmo, e está acabado. Meu pai quase quebrou a televisão depois que o moço falou.

Meu pai anda chamando o salário mínimo de um outro nome, mas eu não vou dizer aqui, porque outro dia eu disse esse nome no recreio e a professora me deixou de castigo.

O salário mínimo deve ser muito engraçado porque, quando falaram que ele tinha aumentado, lá em casa todo mundo deu risada.

Meu pai disse que uma vez um homem que era presidente falou que se ganhasse salário mínimo dava um tiro na cabeça, mas eu acho que ele estava brincando, porque quem ganha salário mínimo não tem dinheiro pra comprar revólver.

O meu pai não ganha salário mínimo mas com o que ele ganha também não dá pra comprar muitos revólveres a não ser de brinquedo e só de vez em quando.

O meu avô é aposentado. Ele não faz nada mas parece que já fez. Ouvi dizer que o salário mínimo não aumentou mais por causa dele. Eu não sabia que o meu avô era tão importante. Minha vó não é aposentada. Também, ela é velhinha, não dá pra ser mais nada.

Lá em casa falaram que com esse salário mínimo não vai dar mais pra comprar a cesta básica. Eu não sei muito bem o que é cesta básica, mas parece que tem comida dentro. Se for, é só diminuir bastante o tamanho da cesta que aí cabe tudo.

Ouvi meu tio desempregado dizendo que tem um livro chamado Constituição, onde está escrito que com o salário mínimo a pessoa tem que comer, morar numa casa, andar de condução, se vestir e uma porção de coisas. Coitado do meu tio. A falta de emprego está deixando ele doidinho.

Quando eu crescer não vou querer salário mínimo, mesmo que seja o dobro. Parece que ele é tão pequeno que mesmo que seja o dobro do dobro ele continua mínimo.

A minha mesada é muito pequena, mas ainda bem que ninguém inventou mesada mínima, porque com o que a minha mãe me dá quase não dá pra comprar figurinha.

Pronto. Isso é o que eu penso do tal salário mínimo. Espero que a professora me dê uma boa nota porque ela é muito boazinha e merece ganhar muito mais do que todos os salários mínimos juntos.

Só mais uma coisa: se eu fosse presidente da República mudava o salário mínimo para um salário bem grande e chamava ele de salário máximo.



* As seguintes questões serviram como roteiro para a discussão nos grupos:

a) Pensar em outros textos que conheciam bem e comparessem-os com este.
O que observaram de semelhante? O que observaram de diferente?

b) Que gênero textual serviu de base para o autor? Por que ele escolheu esse gênero? Que efeitos ele procurou com essa escolha?

c) Que sequências tipológicas aparecem nesse texto?
Destacaram duas de cada tipo que encontraram.
Qual é a predominante? Por quê?


*  Voltando ao grande grupo, sintetizamos as impressões que a leitura do texto nos causou.


*  As apresentações de cada grupo, a respeito da análise do texto, originou um debate oral sobre essas duas posições, o que vai ressaltar como os gêneros são utilizados em diferentes situações comunicativas e como sua composição tipológica não é nem homogênea nem previsível.









Nenhum comentário:

Postar um comentário